Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Pasta já havia adquirido equipamentos do mesmo tipo em 2020

A Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e Social (Prodep) solicitou informações à Secretaria de Educação sobre a licitação de termômetros digitais infravermelhos. O objetivo é verificar se o cálculo da quantidade de itens no pregão levou em conta compras realizadas em 2020 pelas coordenações regionais de ensino (CREs). O documento foi enviado nesta quarta-feira, 26 de maio.

A secretaria abriu o pregão eletrônico 10/2021 para adquirir os equipamentos em preparação para o retorno das aulas presenciais. Levantamento realizado pela Prodep verificou que termômetros do mesmo tipo já haviam sido adquiridos em 2020: 100 unidades pela CRE de Ceilândia; 201 unidades pela CRE de Planaltina; 72 unidades pela CRE do Plano Piloto; 26 unidades pela CRE de São Sebastião; 50 unidades pela CRE do Paranoá; 150 unidades pela CRE de Sobradinho; e 43 unidades pela CRE de Samambaia.

De acordo com o documento, “a falta de acompanhamento das aquisições já realizadas pela própria estrutura da Secretaria de Educação é indício de grave deficiência na gestão dos recursos disponibilizados à pasta, passível de causar danos ao patrimônio público”. O prazo para resposta é de 72 horas.

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.