Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

logo o mpdft que a gente conta

Viver é contar histórias. E o podcast ‘’O MP que a gente conta’’ foi criado para contar, todos os meses, um pouco do trabalho, dos desafios e conquistas das pessoas que fazem o MPDFT.

A ideia é que as histórias transmitam, de forma leve e prazerosa, o trabalho diário e nem sempre visível dos integrantes da instituição, e mostrem que a sociedade do DF pode contar com o MPDFT.

‘’O MP que a gente conta’’ é produzido pela Secretaria de Comunicação do MPDFT.

 Acesse o podcast no Spotify. Em breve em mais plataformas digitais.

 

Episódios

Episódio#11 – Tecendo Redes:Acolhimento para vítimas de violência doméstica

O podcast de agosto marca os 16 anos da Lei Maria da Penha. Você vai conhecer um pouco mais do projeto do MPDFT Tecendo Redes, que além de ajudar mulheres a romper com o ciclo da violência, as incentiva a aprender uma profissão. Quem conta os detalhes pra gente é a promotora de Justiça Isabella Chaves.


 

Episódio#10 – O espetáculo não pode parar: O MP e a defesa do Teatro Perdiz

Neste episódio conheça parte da história do Teatro Oficina Perdiz, símbolo de resistência artística e patrimônio cultural de Brasília, que quase teve suas atividades encerradas, se não fosse a atuação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). Quem conta essa história é o promotor de Justiça de Defesa do Meio Ambiente e Patrimônio Cultural, Roberto Carlos Batista.

 

Episódio#9 – Casamentos entre iguais são legais

O episódio deste mês celebra o orgulho LGBTQIA+, comemorado em 28 de junho. A convidada foi a promotora de Justiça e coordenadora dos Núcleos de Direitos Humanos (NDH), Cíntia Costa, que relembrou a campanha “Casamentos entre iguais são legais”. A campanha pioneira do MPDFT levou mais informação aos cidadãos sobre o direito à união estável, sobre respeito à dignidade da pessoa humana e à cidadania da população LGBTQIA+. Confira! 

 

Episódio#8 – Família: laços de sangue e de afeto

Neste episódio, a promotora de Justiça Leonora Brandão conta o primeiro atendimento realizado pelo projeto “Pai Legal”nas escolas, que mudou a vida de duas famílias. A mãe achava que o pai da criança havia morrido. O menino, com aproximadamente 10 anos, tinha deficiência auditiva. Após várias pesquisas, a Profide constatou que o pai estava vivo e era casado com uma moça surda. Escute o episódio completo para saber o desfecho dessa história emocionante.

 

Episódio#7 – Bullying não é brincadeira: a violência nas escolas

No sétimo episódio do "MP que a gente conta" discutimos um tema que afeta crianças e adolescentes em idade escolar: o bullying. A servidora Caroline Resende conta sobre a atuação do Grupo de Apoio à Segurança Escolar do MPDFT (Gase), que trabalha para promover a mediação escolar e a participação da comunidade. Saiba como identificar o bullying, as suas consequências aos envolvidos e como atuar para solucionar o problema.

 

Episódio#6 – Caso Lulu: o uso indevido de dados

Compartilhar dados pessoais sem autorização do indivíduo é uma violação de direitos. Esse é o tema do nosso sexto episódio, o promotor de Justiça de Defesa do Consumidor, Paulo Binicheski, relembra o caso do aplicativo “Lulu”, ocorrido em 2013. O aplicativo permitia que as mulheres, usuárias da rede social Facebook, fizessem avaliações anônimas de homens que também utilizassem a rede. A avaliação consistia em atribuir notas a diversos aspectos pessoais, como desempenho sexual, caráter e forma de interagir com as mulheres em relações íntimas. Escute aqui o desenrolar dessa história.

 

Episódio#5 – NaMoral? A mudança vem de dentro

Como falar sobre corrupção com crianças e adolescentes? A promotora de Justiça Luciana Asper  explica o "NaMoral", projeto inovador que dissemina valores relacionados à integridade, à ética, à cidadania e ao enfrentamento à corrupção entre estudantes, de forma leve e participativa. O combate à corrupção é o tema deste mês do nosso podcast.

 

Episódio#4 – Com esforço e sem atalhos

A promotora de Justiça Thaíse Dezen conta um pouco da sua trajetória profissional no Ministério Público. No intervalo de apenas seis anos, com planejamento e dedicação, ela tomou posse como técnica administrativa, assumiu o cargo de analista três anos depois e, em 2014, tornou-se promotora de Justiça.

 

Episódio#3 – O recomeço de uma vida

A servidora aposentada, Consuelo Vidal, conta a história de Cássio dos Santos. Um adolescente que morou na rodoviária do Plano Piloto, desde os 4 anos, quando foi abandonado pelos pais, e procurou a Promotoria da Infância e da Juventude em busca de cidadania. O seu maior sonho era tirar os documentos, mas conseguiu muito mais que isso, o carinho de membros e servidores da promotoria.

 

Episódio#2 – Feminicídio: antes e depois da lei

No dia 25 de novembro, começa os 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres. No segundo episódio do nosso podcast, convidamos o promotor de Justiça e coordenador do Núcleo do Tribunal do Júri e de Defesa da Vida, Raoni Maciel, para falar sobre a evolução da aplicação da Lei do Feminicídio.

 

 

Episódio#1 – Em busca de um pai

O que fazer para localizar um suposto pai sabendo apenas o apelido e a cidade onde ele mora? A receita inclui persistência e uma boa dose de criatividade. No episódio de estreia, a promotora Leonora Brandão e a servidora Simone Coelho contam um pouco do dia a dia do trabalho da Promotoria de Defesa da Filiação. (Os nomes utilizados nessa história são fictícios.)

 

 

Trailer – O MP que a gente conta

A promotora Leonora Brandão e a servidora Simone Coelho falam sobre os processos de reconhecimento de paternidade realizados na Promotoria de Defesa da Filiação. São histórias emocionantes e curiosas sobre a atuação dessa promotoria especializada. Os nomes utilizados nessa história são fictícios.



.: voltar :.