Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Artigos

O MPDFT informa que todos os textos disponibilizados neste espaço são autorais e foram publicados em jornais e revistas.

Eles são a livre manifestação de pensamento de seus autores e não refletem, necessariamente, o posicionamento da Instituição.

Ivaldo Lemos Junior
Promotor de Justiça

Se teu filho te perguntar porque deveria ler ficção, como contos e romances, não seria aconselhável criar um clima de cumplicidade, dizendo que também não leu (enrolou ou colou na escola) ou que leu e não gostou ou isso não fez muita falta. A pergunta é importante e merece uma resposta decente. Na falta de outra melhor, você pode dar o depoimento pessoal abaixo.

Ivaldo Lemos Junior
Promotor de Justiça

Em filmes americanos de tribunal, é frequente o promotor ser interrompido pelo advogado de defesa (e vice-versa), que questiona a resposta da testemunha ou a própria formulação da pergunta: “objeção”. O juiz então decide se o protesto é válido (“sustained”) ou não (“overruled”), às vezes liminarmente, às vezes questionando o esteio em que foi lançada a objeção, às vezes solicitando que o promotor e o defensor se aproximem da bancada para deliberações e orientações, de maneira discreta.

.: voltar :.