Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Quatro artistas plásticos do DF, entre eles o colagista Daniel Mendes, expõem nos períodos de 13 de junho a 13 de setembro; e de 29 de setembro a 19 de dezembro

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) inicia nesta segunda-feira, 13 de junho, as exposições dos artistas selecionados para o Projeto Proximidades. As mostras itinerantes de quatro artistas plásticos do DF ficarão expostas nas coordenadorias das Promotorias de Justiça de Planaltina; da Infância e Juventude, na Asa Norte; de Taguatinga e de Samambaia até o dia 13 de setembro, na primeira fase do projeto. Logo depois, no período de 29 de setembro a 19 de dezembro, as obras de cada um dos artistas passam a ser expostas em outra Promotoria.  

O artista Daniel Mendes é um dos escolhidos para a mostra. Suas obras estarão em exposição na Promotoria de  Planaltina, entre 13 de junho e 13 de setembro, e da Infância e Juventude, de 29 de setembro a 19 de dezembro.

Obra

O tipo de arte que Daniel representa, envolve técnicas, materiais e práticas quase intuitivas, sob a percepção do artista, é direcionada para aqueles que gostam de recortar e colar. O colagista trabalha a reconstrução de mundos a partir de imagens femininas, paisagens e outras formas retiradas de mídias impressas e sempre traz nas obras a re(des)construção dos olhos e do olhar. 

Uma de suas criações é a série ‘’Olho’’, que apresenta 20 colagens produzidas de maneira analógica por meio de imagens obtidas de diferentes edições de livros, revistas e enciclopédias ilustradas. O material usa como base um papel de alta gramatura, cola em gel e bastão e recortes. As figuras são cortadas usando estilete, tesoura, bisturi e as próprias mãos do colagista.

O artista opta por não dar título às obras, a fim de que não haja induções e a singularidade do espectador seja respeitada. Algumas poucas obras apresentam um marcador indutivo para a percepção do espectador. Por exemplo, uma das colagens da série, a “Colagem 90” recebe o nome em iorubá da entidade Exu.

Artista

Nascido em Ceilândia, no Distrito Federal, no final da década de 80, Daniel é colagista analógico amador. De formação, é bacharel e licenciado em Ciências Biológicas, doutor e mestre em Biologia Molecular com pós-doutorado em Virologia de Insetos. Atua também como pesquisador, virologista e professor do Departamento de Biologia Celular na Universidade de Brasília. Iniciou sua aventura no mundo das colagens analógicas durante o início da pandemia de Covid-19.

Serviço

Exposições do Projeto Proximidads

Datas: de 13/6 a 13/9; 29/9 a 19/12

Endereços:

Infância e Juventude:SEPN 711/911, Bloco B, Asa Norte, Brasília

Planaltina: Área Especial Norte 10-A, Setor Administrativo

Samambaia: Quadra 302, Conjunto 1, Lote 2, Samambaia-DF

Taguatinga: Setor C Norte, Área Especial para Clínicas, Lotes 14/15, Taguatinga Norte

Horário: segunda a sexta, das 12 às 19h

Confira a página do projeto

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.