Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Diante da informação, divulgada em jornal local, de que 169 pacientes faleceram por falta de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), a Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde (Prosus) reiterou à Secretaria de Estado de Saúde do DF o pedido de acesso às informações, em tempo real, da base de dados do sistema da Central de Regulação de Leitos de UTI. A intenção da Prosus é fiscalizar a utilização da Central, bem como o respeito da Administração Pública aos princípios da eficiência, transparência e impessoalidade.

A solicitação para Prosus consta dos autos do Procedimento Administrativo instaurado pela Promotoria de Justiça para apurar diversas irregularidades na UTI de neurotrauma, inaugurada em junho de 2012, no Hospital de Base, conforme vistoria realizada pela Diretoria de Vigilância Sanitária.

 

.: voltar :.