Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Réu permaneceu preso durante toda a instrução do processo e deve aguardar na prisão resultado de eventual recurso da defesa

O Tribunal do Júri de Sobradinho condenou, no último dia 10, o serralheiro Fábio de Jesus Campos a 23 anos de reclusão, em regime fechado, pelo assassinato da ex-companheira, a servidora pública Mariane de Oliveira Alves. Os jurados, por maioria, consideraram o réu culpado, conforme a denúncia do Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT). A vítima foi morta a facadas, na frente dos filhos, em 22 de outubro do ano passado.

Na sentença, a juíza Ana Letícia Santini considerou que o réu foi perverso e que agiu por premeditação. "As consequências foram devastadoras para a família da vítima, principalmente para os dois filhos que presenciaram o réu matar a mãe a facadas, em plena luz do dia, insensível à presença deles, que terão um trauma sem precedentes, tendo que conviver para sempre com a imagem de sua mãe sendo atacada brutalmente sem poderem defendê-la."

Para a promotora de Justiça Alessandra Morato, dois grandes desafios precisam ser enfrentados pela Justiça Criminal para reduzir a chance de casos como o de Mariane. O primeiro é a melhoria do monitoramento para que as decisões judiciais em casos de violência doméstica contra a mulher sejam cumpridas; o segundo é a celeridade e a efetividade no cumprimento das medidas protetivas de urgência.

Relembre o caso

Mariane tinha 45 anos e vinha sofrendo ameaças de morte há algum tempo, porém não as denunciava à Justiça. Na semana de seu assassinato, a vítima tomou coragem e registrou ocorrência policial. As medidas protetivas foram deferidas em menos de 24 horas pela Vara de Violência Doméstica de Sobradinho e Mariane ficou o fim de semana escondida com os filhos na casa de parentes.

O réu não chegou a ser intimado das medidas protetivas deferidas pela Justiça. Às 7h do dia 22 de outubro de 2012, uma segunda-feira, ele atacou Mariane enquanto ela levava os filhos para a escola. A vítima foi esfaqueada no rosto, braços, costas e barriga, sem chance de defesa.

Processo 2012.06.1.013805-7

Leia mais

Atuação do MPDFT e da Polícia Civil prende em flagrante homem que matou ex-esposa em Sobradinho

.: voltar :.