Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

A Promotoria de Justiça de Defesa da Educação (Proeduc) recomendou na última sexta-feira, 27, ao Governador do Distrito Federal que nomeie 100 monitores, aprovados em concurso público, conforme previsão da Lei Orçamentária de 2011, considerando a carência de monitores na rede pública de ensino do Distrito Federal e a existência de cadastro de reserva de candidatos.

A Proeduc argumenta que a falta de monitores causa prejuízos imensuráveis a centenas de alunos portadores de necessidades educacionais especiais e a educação infantil da rede pública do Distrito Federal.

Desde o início do ano letivo, esses alunos têm sofrido prejuízos pedagógicos por não terem condições de satisfazer suas necessidades fisiológicas, de higiene, de locomoção e de alimentação de forma autônoma sem o referido atendimento, o que vem resultando em evasão escolar.

Para ler a íntegra da recomendação, clique aqui.

.: voltar :.