Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Ministério Público recorreu solicitando aumento da pena

A Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri do Gama obteve a condenação de Kleber Izaías da Rocha pelo assassinato de Valdeir Júnio Aquino Vilela. A pena foi fixada em 11 anos, 8 meses e 20 dias de reclusão em regime inicial fechado. O réu não poderá recorrer em liberdade.

Os jurados reconheceram que o réu usou recurso que dificultou a defesa da vítima (Valdeir foi atacado em local público e, depois que já estava caído, continuou sendo baleado). Também acolheram a tese da defesa de “motivo de relevante valor moral'', porque a vítima havia engravidado a filha adolescente de Kleber. A Promotoria recorreu solicitando o aumento da pena.

O crime ocorreu em dezembro de 2017, no Setor Oeste do Gama. Valdeir e a filha de Kleber haviam tido um relacionamento que resultou na gravidez da adolescente. O pai da jovem, ao saber do fato, começou a ameaçar a vítima. No dia do homicídio, Kleber soube que Valdeir estava em um bar e foi até o local. Atirou várias vezes contra a vítima, que tentou fugir, mas não conseguiu. Mesmo depois que Valdeir já estava caído, Kleber continuou a atirar. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.