Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

WhatsApp Image 2021 05 03 at 17.20.54 600 x 371Roda de conversa virtual teve a participação de cerca de 60 profissionais de educação na última sexta-feira, 30 de abril

A Promotoria de Justiça de Brazlândia em parceria com a Coordenação Regional de Ensino da cidade promoveu na última sexta-feira, dia 30 de abril, roda de conversa com cerca de 60 profissionais da educação sobre violência e abuso sexual de crianças e adolescentes.

Orientadores, pedagogos, psicólogos, promotor de Justiça e agente de polícia debateram como podem tratar o tema com as crianças e suas famílias, quais os canais de registro, o fluxo de atendimento e o encaminhamento dessas denúncias aos órgãos responsáveis, além das atribuições e atuação de cada instituição nesse contexto.

WhatsApp Image 2021 05 03 at 17.21.19 277 x 600A promotora de Justiça Leda Maria Campos Siqueira, da Promotoria de Justiça Criminal e do Tribunal do Júri de Brazlândia, falou sobre os procedimentos legais a serem adotados nas situações de abuso sexual contra crianças e adolescentes, especialmente durante a pandemia, e respondeu a perguntas dos profissionais de educação quanto aos procedimentos legais a serem adotados. Para a representante do Ministério Público, “os casos de abuso sexual contra crianças e adolescentes são um problema que deve ser enfrentado e a sociedade não pode se acovardar, no sentido de banalizar e naturalizar a situação de crimes tão graves. O enfrentamento deve ser uma ação conjunta para combater e prevenir tais práticas.”

A psicóloga do Setor de Análise Psicossocial do MPDFT Thayse Duarte apresentou técnicas de abordagens com as crianças e familiares, com enfoque na necessidade de que apesar de o tema ser um tabu, os estudos, os debates e a promoção de eventos para falar sobre o assunto, são elementos que propõem um rompimento com a visão cultural da legitimação, da tolerância e do estímulo à violação sexual. Já a agente de Polícia da 18ª Delegacia de Polícia de Brazlândia Keyla Lucianete, que atua na Seção de Atendimento à Mulher, falou sobre as técnicas de oitiva especial utilizadas nos atendimentos às crianças e adolescentes, vítimas de abuso sexual.

Para reforçar o trabalho de conscientização, no próximo 18 de maio, que é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, representantes do Ministério Público do DF e Territórios e da Polícia Civil do DF realizarão palestras online para os alunos das 27 escolas da rede de ensino de Brazlândia.

Para mais informações, o contato pode ser feito com a Promotoria da cidade pelo número WhatsApp 992241751 ou 34799900.

Leia mais

Promotoria de Justiça de Brazlândia participa de evento virtual sobre saúde mental

Rede Social de Brazlândia realiza primeira reunião do ano

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.