Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) em 3 de fevereiro, está cumprindo 16 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal e em quatro Estados (SP, RJ, ES, GO). Os mandados foram deferidos pela Justiça Criminal de Brasília.

Essas medidas decorrem de uma investigação do Gaeco/MPDFT, instaurada a partir do compartilhamento de anexos da colaboração premiada de Lucio Bolonha Funaro perante o Supremo Tribunal Federal (STF) a fim de apurar o pagamento de vantagem indevida em contrapartida à alteração legislativa distrital que reduziu a alíquota do ICMS de aviação civil de 25% para 12%.

O Gaeco/MPDFT contou com o apoio dos seguintes órgãos:

- Centro de Produção Análise, Difusão e Segurança da Informação (CI/MPDFT);

 -Departamento de Combate à Corrupção da Polícia Civil do DF (Decor/PCDF);

- Coordenadoria de Segurança e Inteligência do MPRJ;

- Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMSP);

- Polícia Militar do Estado do Espírito Santo (PMES);

- Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Rio de Janeiro  (MPRJ);

- Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de São Paulo  (MPSP);

- Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Espírito Santo (MPES);

- Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Goiânia (MPGO).


Assessoria Especial de Imprensa
(61) 3343-9045 / 3343-6101/ 3343-9046/ 99149-8588
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.