Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

 Programa será em estúdio. O Coordenador da força-tarefa, José Eduardo Sabo, e a promotora Isabella Chaves representarão o MP em evento que visa a aproximação com sociedade

Neste sábado, 25 de julho, a partir das 13h, o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) participará do projeto Record TV nas Cidades, edição Recanto das Emas, em comemoração ao aniversário da cidade. Devido à pandemia, diferente de edições anteriores, em que houve presença de público, o encontro será transmitido direto do estúdio, com apresentações culturais e sorteios de prêmios.

Força tarefa

O primeiro convidado do MPDFT é o procurador de Justiça José Eduardo Sabo. Ele coordena a força-tarefa para enfrentamento à Covid-19, que é integrada pelas promotorias de Justiça das áreas de saúde, patrimônio público, idoso, meio ambiente, infância e juventude, consumidor, direitos humanos e sistema prisional.

A missão é fiscalizar os serviços prestados à população e acompanhar as ações de prevenção e combate ao novo coronavírus na capital federal, por meio de recomendações, notas técnicas, requisição de informações e orientações a outras instituições. “Sempre tivemos clara a missão do Ministério Público de preservar vidas e garantir os direitos da população”, destaca Sabo.

Recanto das Emas

A segunda convidada é a promotora de Justiça Isabella Chaves, que apresentará iniciativas desenvolvidas na Coordenadoria das Promotorias de Justiça do Recanto das Emas.

Um dos projetos consiste na parceria do MPDFT com instituições que oferecem capacitação profissional para mulheres em situação de vulnerabilidade. Tem como parceiro o Instituto Proeza, que oferece aulas de panificação, costura, bordado e crochê. O Instituto Divas trabalha com a formação de profissionais nas áreas de estética, com cursos de cabeleireiro, manicure, maquiagem, depilação e design de sobrancelhas.

O MPDFT contribui com o encaminhamento de recursos provenientes de fundos de medidas alternativas, fianças e acordos de não-persecução penal para custear a compra de materiais de trabalho para as mulheres participantes. Vítimas de violência doméstica atendidas pela Promotoria de Violência Doméstica do Recanto das Emas também são encaminhadas para os projetos.

“É um projeto de empoderamento econômico para mulheres, que já saem capacitadas para o mercado de trabalho, com o kit básico de materiais para trabalhar, de modo a ganhar independência econômica para ajuda-las a sair do ciclo de violência doméstica”, explica a promotora Isabella Chaves.

Outra iniciativa da Promotoria foi a destinação, desde o início da pandemia, de R$ 55 mil em verbas para seis instituições do Recanto das Emas cadastradas junto ao MP, para a compra e distribuição de centenas de cestas básicas para os beneficiários atendidos por elas.

Ouvidoria

Também serão divulgados os canais da Ouvidoria do MPDFT, canal de contato do cidadão com a Instituição. Qualquer pessoa pode solicitar informações ou providências, enviar reclamações, críticas, sugestões, denúncias e elogios sobre os serviços oferecidos pelo MPDFT, seus órgãos e serviços auxiliares.

Como falar com a Ouvidoria
· Formulário eletrônico
· Telefones: 0800 644 9500 (ligação gratuita), em dias úteis, de 2ª a 6ª, das 12h às 18h.
· Carta dirigida à Ouvidoria do MPDFT: Eixo Monumental, Praça do Buriti, lote 2, sala 138, Sede do MPDFT, Brasília-DF, CEP 70091-900
· Redes sociais: www.facebook.com/ouvidoriampdft

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.