Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Jovem, que na época tinha 20 anos, matou desafeto a tiros na região do Setor Veredas

O Tribunal do Júri de Brazlândia condenou, nesta quarta-feira, 4 de abril, Fernando Sousa Ferreira, vulgo Babuíno, pelo homicídio qualificado de Herickson Polano Gomes, conhecido como Kinha, então com 25 anos. A pena foi estabelecida em 12 anos, em regime inicial fechado. Ele não poderá recorrer em liberdade.

Os jurados acolheram a qualificadora pedida pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), reconhecendo que o crime foi cometido com uso de recurso que dificultou a defesa da vítima. Herickson estava em via pública, quando foi surpreendido pelos tiros que causaram a sua morte.

Entenda o caso

O crime ocorreu em 11 de outubro de 2009 por volta das 19h, no Setor Veredas, em Brazlândia. Herickson conversava no portão da casa de amigos, quando o acusado passou de bicicleta, viu que seu desafeto estava ali, e ficou à espreita. Assim que a vítima saiu da frente da residência, Fernando aproximou-se rapidamente, com um revólver, e efetuou disparos contra Herickson, que ainda tentou correr em direção à BR-080, mas foi atingido nas costas, e morreu.

Processo 2009.02.1.005894-3

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.