Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), em parceria com a Diretoria Regional de Ensino (DRE) de Brazlândia, promove, no dia 10 de agosto, encontro com os educadores da rede pública de ensino da cidade com o intuito de divulgar concurso que visa a incentivar boas práticas contra o uso indevido de drogas.

Serão avaliados os projetos a serem executados por professores das séries iniciais e finais e ensino médio no ano de 2012. O concurso é mais uma atividade do projeto "Há outro caminho. Drogas: uma armadilha" e tem por objetivo fomentar a reflexão criativa e o debate do tema nas escolas e na comunidade, com vistas a inibir o uso indevido de drogas por meio de ações pedagógicas.

O Coordenador Administrativo das Promotorias de Brazlândia, Promotor de Justiça Leandro Lobato Alvarez, a Diretora da DRE de Brazlândia, Márcia Gilda Moreira Cosme, e a Delegada da 18ª Delegacia de Polícia de Brazlândia, Ingrid Lúcia Hilde Cunha Ramm Gomes, participarão dos dois encontros que acontecerão às 8h30 e às 13h30 no Centro de Ensino Médio 1, no Setor Sul da cidade.

Saiba mais

Essa não é a primeira iniciativa do projeto de prevenção às drogas promovido pela Promotoria de Justiça de Brazlândia em parceria com a regional de ensino. No ano passado, foi realizado um concurso cultural voltado a estudantes de escolas públicas da cidade, que contou com a participação de 11 instituições de ensino para a escolha da logomarca, do slogan e do nome do projeto. A logomarca e o nome escolhido ("Há outro caminho") foram criados por Levi de Morais Leôncio, aluno do Centro de Ensino Fundamental Incra 09. Já o slogan ("Drogas: uma armadilha") foi criação de Luiz Carlos Dias Junior, do Centro de Ensino Fundamental Irmã Regina.

.: voltar :.