Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

PM´s participam de palestra no MPDFT (Foto: José Evaldo Vilela)O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) recebeu nesta segunda-feira, 20, a visita de 400 alunos do Curso de Formação de Praças da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF). Os militares participaram durante toda a tarde da palestra "Trabalho policial na repressão ao tráfico e porte de drogas - legalidade e efetividade", proferida pelo titular da 7ª Promotoria de Justiça de Entorpecentes, José Theodoro Correa de Carvalho.

O evento teve como objetivo instruir os formandos da academia militar em relação à legislação e a efetividade dos procedimentos desempenhados por eles no exercício da função, o papel do MPDFT e os trâmites legais de um processo de tráfico ou uso de drogas.

Foto: José Evaldo VilelaNa abertura, a Procuradora-Geral de Justiça do Distrito Federal e Territórios, Eunice Carvalhido, destacou que o tema das drogas é importante porque, normalmente, perpassa outros delitos. "Existem vários delitos que são graves, mas na grande maioria deles existe a droga como ingrediente", afirmou.

A exposição do promotor de Justiça José Theodoro teve como intenção preparar os PMs para atuar corretamente junto à população nas ruas do Distrito Federal. Para tanto, apresentou dados estatísticos mundiais e nacionais sobre o uso e tráfico de entorpecentes, dentre eles o que revela a existência de aproximadamente 200 milhões de pessoas fazendo uso de drogas ilícitas em todo o mundo, o que equivale a 5% da população do planeta.

Entre os dados nacionais, foi apresentado aos militares o quantitativo de flagrantes de tráfico e porte de drogas no Distrito Federal realizados no ano de 2010, período em que a Polícia Civil registrou 1.559 ocorrências de tráfico e 3.446 de porte ilegal de entorpecentes.

Em um tom dinâmico e didático, o representante do MPDFT também abordou as legislações pertinentes ao assunto e respondeu as dúvidas e questionamentos que os militares expressaram no decorrer da palestra.

Outro ponto abordado pelo promotor de Justiça foi a forma de intervir no uso e tráfico de drogas com a prevenção, a correta repressão de acordo com as legislações e o tratamento do dependente químico.

.: voltar :.