Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), por meio da denúncia formulada pela Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri do Paranoá, obteve a condenação de Cláudio Gomes da Silva a uma pena de 28 anos, 7 meses e 3 dias, em função de ter espancado duas crianças, uma com 8 meses e outra com 2 anos, alegando que elas estavam com o diabo no corpo.

Em novembro de 2009, na cidade de Itapoã, Cláudio se aproveitou do fato de mãe e filhos estarem dormindo e espancou as crianças. Inicialmente pegou o bebê e o arremessou contra a parede. A seguir, pegou a menina pelas pernas e bateu por diversas vezes sua cabeça no chão. As crianças foram salvas por outro morador da casa, que conseguiu impedir novos golpes.  Elas  ficaram com sequelas em função das terríveis agressões. O julgamento foi realizado ontem, no Tribunal do Júri do Paranoá.

Processo: 2009.08.1.007273-9

.: voltar :.