Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

A denúncia do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) contra o réu R.C.G. foi julgada procedente pelo Tribunal do Júri de Taguatinga na quinta-feira, 10. O médico R.C.G. era acusado de atropelar e matar o ciclista P.A.S.L., em acidente ocorrido às 17h20 do dia 13 de março de 2004, na DF 095, Via Estrutural  (nº do processo: 2004.07.1.004325-6) .

De acordo com a denúncia, o réu, que dirigia embriagado, foi indiciado com base no Art. 121,  caput, do Código Penal e Arts. 306 e 305 da Lei 9.503/97. Após ouvirem os depoimentos das testemunhas envolvidas e os debates entre acusação e defesa, os jurados votaram os quesitos do processo e condenaram o médico. O juiz aplicou pena de seis anos de reclusão, inicialmente em regime semi-aberto, e decretou a inabilitação do réu para dirigir veículo.

 

.: voltar :.