Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) e o Ministério Público da Paraíba (MPPB) assinaram nesta quinta-feira, 3, termo de cooperação para compartilhamento de dados na área de inteligência. O termo terá vigência de cinco anos e tem como objetivo otimizar o tratamento e a difusão de informações e conhecimentos entre os dois órgãos.

O Centro de Segurança Institucional e Inteligência do MPDFT vai disponibilizar ao Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) do MPPB o código-fonte, documentação e atualizações do sistema de conversão de dados. Além disso, os dois órgãos vão disponibilizar entre si suas bases de dados.

A Procuradora-Geral de Justiça do Distrito Federal e Territórios, Eunice Pereira Amorim Carvalhido, disse que o termo de cooperação fortalece a missão constitucional do Ministério Público. Segundo ela, será necessário dar as mãos para coibir o avanço da corrupção, que hoje é uma pandemia.

"Precisamos nos unir contra a atuação das organizações criminosas. Sou da época que os grandes problemas do MP eram os roubos e furtos. Hoje lutamos contra organizações mais avançadas que multinacionais", disse a Procuradora-Geral.

O Procurador-Geral de Justiça da Paraíba, Osvaldo Trigueiro do Valle Filho, disse da sua alegria em poder estreitar os laços com o MPDFT. "Para o Estado da Paraíba essa aproximação será de muita utilidade. Será muito importante para nós essa cooperação. O DF está muito avançado e o Ministério Público precisa ter um padrão mínimo de conhecimento da doutrina da inteligência", disse.

.: voltar :.