Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

A Procuradora-Geral de Justiça do Distrito Federal e Territórios, Eunice Carvalhido, lançou nessa quarta-feira, 15, a Pedra Fundamental do Edifício-Sede da Promotoria de Justiça de Ceilândia. A nova sede irá abrigar as Promotorias de Justiça que atualmente estão instaladas no Fórum da Circunscrição Judiciária de Ceilândia.

Em seu discurso, a Procuradora-Geral de Justiça destacou a importância do fato. "É um evento extremamente significativo para o MPDFT, não só porque está dando os primeiros passos da construção da sua própria casa, mas porque assim aprofunda a sua autonomia institucional e administrativa e ainda porque terá condições de restituir ao Tribunal de Justiça o espaço cedido", afirmou.

O Promotor de Justiça Irênio da Silva Moreira Filho, Coordenador Administrativo da Promotoria de Ceilândia, ressaltou que o benefício será tanto para integrantes da instituição, quanto para a população do DF, uma vez que o MPDFT poderá expandir os serviços prestados aos cidadãos de Ceilândia, que é a segunda maior região administrativa do DF e hoje conta com mais de 600 mil habitantes.

Urna

Na solenidade, a Procuradora-Geral de Justiça lacrou uma urna, contendo cópia da planta do imóvel, a relação dos integrantes do MPDFT, um exemplar de um jornal local que circulou no dia 15 de dezembro de 2010 e uma foto do local onde será implantado o canteiro de obras, que somente será aberta em 10 anos, isto é, em 14 de dezembro de 2020.

Estiveram presentes na solenidade:

- A Vice-Procuradora-Geral de Justiça, Zenaide Souto Martins;

- O Juiz de Direito Assistente da Presidência do TJDFT, James Eduardo da Cruz de Morais Oliveira, no evento representando o Presidente do TJDFT, Desembargador Otávio Augusto Barbosa;

- A Juíza de Direito e Diretora do Fórum da Circunscrição Judiciária de Ceilândia, Zoni Siqueira Ferreira;

- O Diretor-Geral do MPDFT, Vetuval Martins Vasconcelos;

- O advogado Edmilson Francisco de Menezes, da subseção da OAB-DF de Ceilândia, representando o Presidente da OAB-DF, Francisco Caputo;

- A representante da Administração Regional de Ceilândia, Viviane Marinho;

- A Banda do Corpo de Bombeiros Militar que, sob a regência do Maestro Tenente Paulo, executou o Hino Nacional Brasileiro.

 

 

 

.: voltar :.