Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

WhatsApp Image 2022 07 27 at 17.37.58 600 x 363A atividade é a quinta capacitação oferecida pelo Gase sobre o tema para auxiliar educadores com ferramentas para a mediação de conflitos

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) concluiu, neste mês de julho, mais uma edição do curso “Gestão de conflitos no contexto escolar”. A iniciativa é uma parceria entre o Grupo de Apoio à Segurança Escolar (Gase), a Coordenadoria Executiva de Autocomposição (Cauto), a Secretaria de Educação Corporativa (Secor) e a Regional de Ensino de São Sebastião. Foram certificadas 20 profissionais da Secretaria de Educação do Distrito Federal.

O curso teve 19 encontros, nos quais foram discutidos temas como comunicação não-violenta; moderna teoria do conflito; teoria dos jogos; fundamentos da negociação; panorama e etapas da mediação; e processos circulares. A capacitação foi ministrada pela secretária-executiva da Cauto, Leila Duarte Lima, pela mediadora de conflitos Anna Maria Marques de Almeida e pelo voluntário do Gase José Manoel Pereira.

Para Anna Maria, o curso capacitou profissionais para trabalharem com a cultura de paz, olhando de forma positiva para as oportunidades que o conflito traz, valorizando empatia,  diálogo, entendimento mútuo, cooperação, respeito, responsabilidade e crescimento pessoal, na resolução pacífica dos conflitos no contexto escolar.

Depoimentos

WhatsApp Image 2022 07 27 at 15.52.44 600 x 305Os participantes também aprovaram a iniciativa. Segundo Luana Emanuelle da Silva, coordenadora dos orientadores educacionais de Brazlândia, a promoção de uma cultura de paz no ambiente escolar passa pela comunicação assertiva. “Ao contrário do que se pensa, o conflito tem aspectos positivos pela ótica da mediação, quando acarreta crescimento. O curso nos proporcionou uma riqueza de aprendizados, ampliando nossos olhares e percepções acerca das relações humanas, promovendo mudanças para além do campo profissional", afirmou.

A professora Gleice Rocha Cunha Vasconcelos, gerente de Mediação de Conflitos da Corregedoria de Educação, já planeja formas de aplicar os conhecimentos adquiridos em seu dia a dia. “Este trabalho do MPDFT é de extrema importância para o fomento da cultura de paz nas escolas, posto que os servidores que  participaram do curso serão multiplicadores das ferramentas da mediação no ambiente escolar com uma proposta de trabalho a partir da prevenção”, acredita.

“A capacitação tem proporcionado aos educadores o manejo de conflitos escolares de forma positiva, desenvolvendo habilidades emocionais e de percepção, comunicação, negociação e pensamento criativo. Essas ferramentas são capazes de transformar os relacionamentos dentro da comunidade escolar”, concluiu a chefe do Gase, Caroline Resende.

Iniciativa

Desde 2005, o Gase contribui na implementação da cultura de paz nas escolas da rede pública de ensino do Distrito Federal, fomentando política pública de mediação escolar, mecanismo eficaz de prevenção e de enfrentamento à violência neste ambiente. Ao todo, ao longo das cinco ações realizadas pelo Gase, já foram capacitados 117 profissionais em mediação e em gestão de conflitos.

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.