Informações devem embasar a atuação judicial da Prosus

vistoria 1Representantes da 1ª Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde (Prosus) vistoriaram, na manhã desta sexta-feira, 1º de julho, as pediatrias do Hospital Materno Infantil de Brasília (Hmib) e do Hospital Regional de Taguatinga (HRT) para verificar as condições de funcionamento das duas unidades. Foram observados fluxo de atendimento, filas de espera e número de profissionais plantonistas. 

As informações levantadas devem embasar a atuação judicial da Prosus. "A recomendação feita à Secretaria de Saúde não foi atendida, por isso viemos pessoalmente obter os dados requisitados", explicou o promotor de Justiça.

Uma das dificuldades observadas diz respeito ao fluxo de atendimento de acordo com o nível de complexidade dos pacientes. Casos de menor gravidade deveriam ser encaminhados às Unidades de Pronto Atendimento (UPAS), mas, atualmente, não há pediatras nesses locais. "O Ministério da Saúde prevê atendimento pediátrico nas UPAS, mas, no Distrito Federal, isso não ocorre. Esse gargalo provoca superlotação nos hospitais, que deveriam se concentrar nas situações de média e alta complexidade", afirmou.

Essa é a primeira fase da operação, que deve continuar a vistoriar as unidades pediátricas da rede pública.

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial