Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Crime ocorreu em 2018 e  foi motivado por vingança

A Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri de Brasília obteve, nesta quarta-feira, 22 de junho, a condenação de cinco réus pelo assassinato de Gildemar da Rocha. A sessão de julgamento durou dois dias. Eles deverão cumprir penas de reclusão em regime inicial fechado e não poderão recorrer em liberdade.

As penas foram fixadas em 18 anos para Dênis Cerqueira de Araújo; 18 anos para Thiago dos Santos Silva; 21 anos para Jameson Lima dos Santos; 27 anos para Cléber Andrade Oliveira; e 27 anos para Wellington Sousa Marinho, que está foragido.

Os jurados aceitaram as qualificadoras apresentadas pela Promotoria de Justiça: motivo torpe (queriam se vingar pela apreensão de um adolescente parte do mesmo grupo criminoso) e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima (ele foi surpreendido por cinco pessoas armadas sem meios de se defender).

O crime ocorreu em julho de 2018, no Setor Leste da Estrutural. A vítima procurou Wellington para questioná-lo sobre uma agressão sofrida por seu filho adolescente. O grupo criminoso do qual Wellington fazia parte, o “Quatro da Leste”, havia espancado o jovem dias antes. Wellington colocou uma arma na testa de Gildemar, mas sua esposa interferiu e levou o marido para dentro da residência da família. Os cinco então invadiram o local e atiraram contra a vítima, que morreu no local.

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.