Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

O Núcleo de Controle e Fiscalização do Sistema Prisional (Nupri) do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) recomendou nesta sexta-feira, 12 de novembro, que a Secretaria de Administração Penitenciária (Seape) adote medidas imediatas visando a implantação de controle de frequência via ponto eletrônico dos seus servidores em todas as unidades prisionais e administrativas sob responsabilidade do órgão.

No documento, o Nupri concedeu à Seape 10 dias de prazo para o envio de resposta sobre as providências adotadas e 60 dias para o encaminhamento de cronograma com as etapas necessárias para a implantação do ponto eletrônico nos locais de trabalho.

Os promotores de Justiça esclarecem que entre as motivações para o envio da recomendação foi o recebimento de denúncias sobre fraudes nas folhas de ponto de papel com assinatura e preenchimento à caneta, casos de “servidores fantasmas” e irregularidades ocorridas no serviço voluntário gratificado no âmbito da Seape.

“A implantação do controle de frequência via ponto eletrônico nas unidades que compõem o órgão dificultará sobremaneira o cometimento de irregularidades. Além disso, é um instrumento de defesa ao bom servidor, na medida em que viabiliza o tratamento igualitário a todos, pois assegura o cumprimento efetivo da jornada de trabalho e sua utilização aumenta a capacidade gerencial e proporciona maior eficiência na obtenção de dados funcionais, possibilitando a estruturação de um banco de horas”, escreveram os membros.

Assessoria Especial de Imprensa
(61) 3343-9045 / 3343-6101/ 3343-9046/ 99149-8588
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.