Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Crime ocorreu quando a vítima andava na rua ao lado da mãe, em Taguatinga

A Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri de Taguatinga obteve, nesta quinta-feira, 14 de outubro, a condenação de Diego Nunes Freitas pelo assassinato da ex-companheira Rosileia Pereira Freitas. A pena foi fixada em 26 anos de reclusão em regime inicial fechado. Ele não poderá recorrer em liberdade.

Os jurados reconheceram as qualificadoras apontadas pelo Ministério Público: meio cruel (dezenas de golpes de faca), recurso que dificultou a defesa da vítima (ataque pelas costas) e feminicídio (desprezo pela condição feminina e contexto de violência doméstica).

O crime ocorreu em 13 de fevereiro de 2021. Diego e Rosileia haviam se separado depois de 20 anos de relacionamento, mas ele não aceitava o término. Nesse dia, ao ver a ex-companheira e a mãe dela passando na rua, entrou em casa, pegou uma faca e atacou Rosileia. As agressões só pararam quando um vizinho interferiu. A vítima recebeu 47 golpes e não resistiu aos ferimentos.

Processo eletrônico: 0000048-34.2021.8.07.0007

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.