Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Crime ocorreu dentro da empresa onde as vítimas e o réu trabalhavam

A Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri do Recanto das Emas obteve, na última terça-feira, 21 de setembro, a condenação de um homem pela tentativa de matar a companheira e uma amiga dela. A pena foi fixada em 20 anos e 6 meses de reclusão em regime inicial fechado. Ele não poderá recorrer em liberdade. 

Os jurados acolheram as qualificadoras de feminicídio e motivo torpe em relação à companheira do réu, mas afastaram a motivação torpe em relação à tentativa de homicídio da amiga. A defesa argumentou “privilégio da violenta emoção”, que seria um atenuante da pena, mas os jurados rejeitaram essa tese. 

O crime ocorreu em 20 de agosto de 2019. Os três eram colegas de trabalho. O homem imaginava que a companheira o traía e que a amiga a influenciava e acobertava. Por isso, armou-se com uma faca e, no interior da empresa, tentou assassinar as duas. Ele fugiu do local e tentou se matar com uma facada na barriga. Todos foram socorridos e sobreviveram.

Processo nº: 0704011-41.2019.8.07.0019

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.