Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Cobrança partiu de grupo de trabalho interinstitucional coordenado pelo MPDFT

nota catadores 600 x 449Foi concluída, na última sexta-feira, 9 de julho, a vacinação contra covid-19 dos catadores de recicláveis no Distrito Federal. A imunização do grupo foi possível graças à atuação do grupo de trabalho interinstitucional para o Lixão coordenado pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).

Foram atendidos 1.145 profissionais, que receberam a vacina Janssen, aplicada em dose única. A vacinação foi realizada pela equipe da Diretoria de Saúde do Trabalhador da Secretaria de Saúde (SES) na sede da Centcoop, na Cidade do Automóvel.

O grupo de trabalho, formado pelo MPDFT, pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), pelo Ministério Público de Contas (MPC-DF) e pela Defensoria Pública, havia cobrado a vacinação dos catadores em reunião com a SES realizada em 28 de junho. O promotor de Justiça Roberto Carlos Batista tinha destacado a necessidade de tratar os catadores em pé de igualdade com os garis. “Muitas cooperativas são contratadas pelo SLU. Além disso, é notório o caráter de vulnerabilidade desses trabalhadores por lidar com resíduos sólidos”, afirmou.

Saiba mais

O MPDFT acompanha a situação dos catadores de recicláveis desde antes do fechamento do Lixão da Estrutural. Em 2018, após cobrança da Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente e Patrimônio Cultural (Prodema), foi realizado levantamento epidemiológico para conhecer o perfil dos trabalhadores desse setor.

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

 

.: voltar :.