Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Vítima e réu estiveram presos no mesmo estabelecimento prisional

A Promotoria de Justiça do Tribunal Júri de Brasília obteve a condenação de Vivaldo Antônio de Alencar Neto pelo homicídio de Cosmo Pereira da Silva Júnior. A pena foi fixada em 21 anos e 4 meses de prisão em regime fechado. O julgamento foi realizado nesta quarta-feira, 23 de junho. 

O conselho de sentença aceitou as qualificadoras propostas pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT): motivação torpe, consistente em vingança, e emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima, que foi surpreendida em via pública por disparos de arma de fogo. Vivaldo e Cosmo estiveram presos no mesmo estabelecimento prisional, onde se desentenderam e brigaram. Uma das testemunhas de defesa responderá por crime de falso testemunho.

Entenda o caso

O crime ocorreu em 19 de novembro de 2019, em frente à residência da vítima, no Setor Oeste da Estrutural. Vivaldo, que ainda cumpria pena, deixou de ir ao local em que prestava trabalho externo e resolveu procurar Cosmo. Quando o encontrou, disparou contra ele, atingindo a cabeça, o peito e o antebraço. A vítima não resistiu aos ferimentos.

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.