Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Até o momento, não foram registrados casos da doença nas unidades

A pandemia de Covid-19 mudou a rotina do sistema socioeducativo do Distrito Federal. Para evitar que o vírus se espalhe nas unidades, as visitas foram suspensas. A falta de contato tem sido superada com visitas virtuais, nas quais os jovens têm a oportunidade de conversar com familiares por meio de videochamadas.

Semanalmente, os agentes socioeducativos marcam horário para entrar em contato com as famílias. Os encontros ocorrem por meio de computadores e celulares institucionais, sempre manipulados pelos servidores, que também permanecem atentos ao tempo da chamada e aos assuntos tratados. Os equipamentos são higienizados para evitar a possibilidade de infecção dos adolescentes pelo novo coronavírus.

A iniciativa tem funcionado desde 15 de abril em todas as unidades de internação do sistema. Existem ainda outros meios de comunicação disponíveis para os jovens e suas famílias, como cartas e telefonemas. O objetivo é garantir o direito ao contato familiar e, ao mesmo tempo, proteger os socioeducandos de possível contaminação.

Para o promotor de Justiça Márcio Costa de Almeida, as visitas virtuais trazem benefícios para o sistema. “Até o momento, não há casos de Covid-19 nas unidades de internação. Nesse período difícil que estamos atravessando, é importante manter os laços familiares dos adolescentes”, afirma.

O promotor de Justiça lembra que as videochamadas possibilitam o contato dos jovens com outros familiares que não estão cadastrados para as visitas e permitem que eles vejam e matem as saudades de suas residências. “Creio que esse formato de visita, mesmo após a passagem da pandemia, poderá ser integrado à rotina das unidades, em razão dos excelentes resultados que vêm sendo obtidos”, conclui.

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.