Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Sandra morreu asfixiada pelo então companheiro

A Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri do Guará obteve, nesta quinta-feira, 6 de fevereiro, a condenação de Márcio do Nascimento Batista pelo assassinato da companheira, Sandra Rodrigues. A pena foi fixada em 21 anos de reclusão em regime inicial fechado.

Os jurados aceitaram as três qualificadoras apresentadas na denúncia: motivo torpe, emprego de meio cruel (Sandra morreu asfixiada) e feminicídio (o homicídio foi praticado em contexto de violência doméstica). A Promotoria recorrerá para pedir o aumento da pena.

O crime ocorreu em 4 de março de 2018. Após uma discussão, Márcio espancou Sandra a ponto de provocar traumatismo craniano. As agressões aconteceram dentro de um contêiner. Ele então deixou a companheira inconsciente no local e ateou fogo. Ela morreu asfixiada.

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.