Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

O Tribunal do Júri do Recanto das Emas condenou, na última terça-feira, 20 de março, Renato Santiago Alves por tentativa de homicídio qualificado contra Gabriel Sales Gomes. O réu foi condenado a cinco anos de reclusão em regime inicial fechado, mas o Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT) interpôs recurso para aumentar a pena.

Os jurados reconheceram a autoria do crime e a qualificadora. Segundo a denúncia do MPDFT, o crime teria sido praticado mediante recurso que dificultou a defesa da vítima, pois Gomes foi atacado quando estava distraído, conversando com um grupo de pessoas em via pública.

Na sentença, o juiz afirmou que, embora o réu tenha respondido ao processo solto, sua imediata prisão cautelar se faz necessária para o resguardo da ordem pública. Alves mantinha uma vida conturbada e vinha praticando delitos no cumprimento de prisão domiciliar.

Entenda o caso

Em julho de 2012, Gomes comprava cigarro em um posto de gasolina, quando Alves aproximou-se e, sem falar nada, efetuou disparos contra a vítima. A morte só não se consumou porque a vítima, mesmo ferida, conseguiu fugir, e recebeu atendimento médico eficaz.

Processo: 2012.09.1.023292-9

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.