Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Grupo recebia por créditos de transporte falsos

A Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e Social (Prodep) e a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) deflagraram, nesta quinta-feira, 15 de março, a Operação Trickster. O objetivo é cumprir 17 mandados de prisão temporária e 21 de busca e apreensão. As diligências foram realizadas no Distrito Federal, em Goiás, na Paraíba e em Pernambuco. Em João Pessoa e em Recife, a Polícia Federal apoiou a operação.

A investigação apura fraude no sistema de bilhetagem automática utilizado pelo Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans). Créditos para transporte eram comprados em nome de pessoas jurídicas inexistentes, o que gerava créditos fraudulentos, que depois seriam descarregados em permissionários do sistema de transporte. Esses créditos eram então ressarcidos pelos cofres públicos.

Pedro Jorge Oliveira Brasil era o líder do grupo criminoso especializado no desvio de recursos do DFTrans. Os integrantes desse grupo são investigados pelos crimes de quadrilha, estelionato majorado, peculato, inserção de dados falsos em sistema de informação e lavagem de dinheiro.

O nome da operação faz referência à forma de agir do grupo criminoso. O Trickster é uma figura mitológica responsável por ensinar os outros por meio de traição e astúcia.

Coletiva

Outras informações serão divulgadas em coletiva de imprensa hoje, às 14h, na sede da PCDF.

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9601 / 3343-9220 / 99303-6173
jornalismo@mpdft.mp.br
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.