Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Na casa do servidor público, foram encontrados imagens e vídeos de crianças e adolescentes em cenas de sexo explícito

A Promotoria de Justiça da Infância e da Juventude recomendou ao secretário da Criança do DF, Ricardo de Sousa Ferreira, o afastamento de um atendente de reintegração social da Unidade de Internação do Recanto das Emas (Unire) investigado por pornografia infantil. O Ministério Público também pediu a imediata reposição do servidor para a garantia do direito à segurança dos jovens em cumprimento de medida socioeducativa de internação. O documento foi expedido na última quinta-feira, 24 de maio.

Auto de prisão em flagrante do Grupo de Investigação de Homicídios de Valparaíso de Goiás, encaminhado ao Ministério Público, informa que foram encontrados na residência, especificamente no quarto, do agente socioeducativo diversas imagens e vídeos pornográficos em que continham crianças e adolescentes em cenas de sexo explícito. A pena para esse crime é de um a quatro anos de reclusão e multa.

Para o Ministério Público, permitir que o referido servidor continue a exercer suas funções normal e integralmente põe em risco a segurança, a dignidade e o respeito dos adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas, uma vez que eles estarão constantemente expostos a atuação de um agente que se encontra envolvido em um crime que ofende justamente a dignidade sexual de crianças e adolescentes, bem como sua integridade física, psíquica e também moral. O não cumprimento da recomendação poderá acarretar ato de improbidade administrativa.

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.