Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Em comemoração ao Dia Internacional contra a Corrupção, a Promotoria de Justiça de Brazlândia, em parceria com a Coordenação Regional de Ensino da cidade, promove, na próxima quarta-feira, 9 de dezembro, caminhada com estudantes e comunidade local. A concentração será às 8h30 em frente ao Centro de Saúde nº 1, com saída às 9h, e seguirá pela Via Sn2, passando pela rotatória do centro comercial, com encerramento na Praça do Cinzeiro – em frente ao Centro Educacional nº 2.

Coordenador da campanha "O que você tem a ver com a corrupção?", o promotor de Justiça Paulo Quintela trabalha em parceria com as escolas para mostrar às crianças e aos adolescentes os malefícios da corrupção e como essa prática está arraigada na cultura nacional. "O fato de a corrupção ser um problema cultural dificulta a conscientização, mas temos de continuar trabalhando para que isso mude", enfatiza.

Segundo ele, tanto a companha como essas iniciativas promovidas pelo Ministério Público têm como objetivo levar os alunos a refletir sobre os comportamentos inadequados que são observados e repetidos de forma automática, além de provocar mudanças positivas no comportamento ético das futuras gerações. "A tolerância à corrupção é relacional, cultural. A única forma de mudar uma cultura é por meio da educação", completa Quintela.

De acordo com o coordenador da regional de ensino de Brazlândia, Janduy Procópio Leite, o evento é importante porque chama a atenção para a corrupção que tem assolado o Brasil. "A nossa intenção é formar um cidadão consciente e sabedor das suas responsabilidades", enfatiza.

Histórico – Em 9 de dezembro de 2003, a Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção foi assinada por diversos países, na cidade de Mérida, no México. A ideia central é fortalecer a cooperação internacional para ampliar a prevenção e o combate à corrupção no mundo todo. A data foi instituída como o Dia Internacional contra a Corrupção, resultado de proposta feita pela delegação brasileira durante a convenção. No Brasil, é a Controladoria-Geral da União (CGU) que acompanha a sua implementação e de outros compromissos internacionais assumidos pelo país, que tenham como objeto a prevenção e o combate à corrupção. Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.