Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Mais de dez anos após o primeiro acidente com morte na ponte JK, em 2004, o condenado Rodolpho Félix Grande Ladeira começou a cumprir a pena de 12 anos de reclusão nesta segunda-feira, dia 15 de novembro. O acidente aconteceu na madrugada do dia 24 de janeiro de 2004. De acordo com a denúncia, o motorista dirigia em alta velocidade (165 km/h) quando atingiu a traseira do carro de Francisco Augusto Nora Teixeira, que faleceu em decorrência dos ferimentos causados pela batida. A defesa do motorista conseguiu interpor vários recursos, inclusive no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e no Superior Tribunal Federal (STF). Por esse motivo, a prisão só ocorreu uma década após o acidente.

O primeiro julgamento foi realizado em março de 2012, quando o conselho de sentença do Tribunal do Júri acolheu a denúncia do Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT): "Ao conduzir o veículo da forma como foi descrita, imprimindo velocidade de 165 Km/h, quando a velocidade máxima permitida na via era de 70 Km/h, o denunciado assumiu o risco da ocorrência do resultado, bem como expôs ao perigo comum as pessoas que ali trafegavam".

Rodolpho foi condenado como incurso no artigo 121, parágrafo 2º, inciso III, do Código Penal à pena de dez anos de reclusão, em regime inicial fechado, mais o pagamento de 83 dias-multa e de R$ 10 mil, a título de dano moral, e R$ 1.224,00 para reparação dos gastos com funeral. O Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDF), no entanto, majorou a pena imposta para 12 anos de reclusão e excluiu da condenação a pena pecuniária e a obrigação de reparar os danos materiais e morais.

A defesa do condenado tentou afastar a qualificadora de perigo comum, por direção perigosa em via pública; no entanto, teve recurso especial negado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Em agosto de 2014, o MPDFT requereu a certificação do trânsito em julgado da decisão recorrida, com a consequente baixa dos autos para início da execução penal.

.: voltar :.