Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

O Tribunal do Júri de Brazlândia condenou nesta quarta-feira, dia 18, o réu Marcelo Moureira Rocha a 18 anos de reclusão, em regime fechado, pelo homicídio qualificado de seu irmão Edivaldo Moreira da Rocha. O crime ocorreu no dia 14 de dezembro de 2012. Os jurados acolheram a tese do Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT) da qualificadora de meio cruel, o uso de fogo.

De acordo com a denúncia do MPDFT, o acusado agiu com dolo eventual e de forma cruel ao atear fogo no barraco do irmão, situado no acampamento Canaã, às margens da DF 445, em Brazlândia. O crime resultou na morte da vítima por asfixia, causando grande comoção na comunidade dos sem terra de Brazlândia.

Processo: 2012.02.1.006109-0

.: voltar :.