Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

BB compromete-se a informar dados sobre clonagem de cartões a Polícia Civil

A 4ª Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor (Prodecon) firmou, nesta segunda-feira, dia 3, Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Banco do Brasil. Com a assinatura, a instituição financeira comprometeu-se a informar a Polícia Civil sobre a ocorrência de clonagem de cheques e outros estelionatos. O acordo é de âmbito nacional e sua implantação será iniciada pelo Distrito Federal.

O titular da 4ª Prodecon, Guilherme Fernandes Neto, esclarece que o servidor do Banco do Brasil, por ser equiparado ao funcionário público, tem o dever de informar à autoridade policial sobre a ocorrência de crimes. Segundo ele, é imprescindível que se obtenha o maior número de informações sobre os estelionatos realizados por meio da clonagem de cheques e cartões, a fim de facilitar a localização das quadrilhas que atuam com este tipo de crime. “Todos os bancos têm o dever de fornecer um serviço seguro, protegendo a legítima expectativa do consumidor quanto à essa segurança”, afirma o promotor de Justiça.

.: voltar :.