Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Com o início do período de chuvas, o MPDFT busca a adoção de política pública integrada que não só promova a remoção da população residente nas áreas de risco, como também garanta aos cidadãos removidos condições mínimas de subsistência. Com este objetivo, foi realizada, na tarde desta terça-feira, reunião com o Procurador Distrital dos Direitos do Cidadão, José Valdenor Queiroz Júnior, a Promotora de Justiça de Defesa da Ordem Urbanística Marisa Isar, e representantes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Defesa Civil, Companhia de Desenvolvimento Habitacional (Codhab), Secretarias de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda (Sedest), Desenvolvimento Urbano e Habitação (Sedhab), Segurança Pública (SSP) e Secretaria de Governo, e da Subsecretaria de Defesa do Solo e da Água (Sudesa).

Na ocasião, foram expostos pela Defesa Civil dados divulgados na última sexta-feira, 14, que correspondem à quantidade de áreas de risco existentes no DF (25) e ao número de famílias que vivem nesses locais (348).

Diante dos números e dos questionamentos realizados pelos membros, cada representante teve a oportunidade de se pronunciar sobre como o órgão atua em relação a questões de áreas de riscos e quais medidas estão sendo adotadas. No fim, foi solicitado o envio  ao MPDFT de relatório minucioso acerca das áreas de risco que a Defesa Civil mapeou.

.: voltar :.