Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

A Promotoria de Justiça de Sobradinho coordenou e sediou, na última sexta-feira, a reunião da rede social daquela cidade, da qual participaram várias instituições governamentais e não governamentais que desenvolvem seus trabalhos na comunidade. Durante o encontro, foram discutidos temas diversos, com especial enfoque à violência contra a mulher e contra a criança. Na ocasião, .foram levantadas propostas de atuação conjunta para que o trabalho realizado por cada instituição seja feito de modo integrado.

A Promotora de Justiça de Defesa da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar de Sobradinho Alessandra Campos Morato propôs a elaboração de um planejamento estratégico, nos moldes do implantado no MPDFT, para que as ações sejam realizadas observando-se uma metodologia própria para a sistematização e aferição do resultado.

Prestigiaram o evento representantes do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS); do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS); da Administração Regional de Sobradinho II; do Conselho Tutelar de Sobradinho II; do Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente (CDCA); do Conselho de Saúde de Sobradinho; do Batalhão do Corpo de Bombeiros de Sobradinho; do Serviço de Atendimento a Usuários de Substâncias Químicas (SERUQ) - TJDFT; do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC) CEP Sobradinho; do Centro de Desenvolvimento Comunitário em Sobradinho da Associação Cristã de Moços (CDC-ACM); do Aldeias Infantis SOS; do Grupo Luz & Cura - Lar Jesus Menino; do Associação Brasileira das Pessoas Portadoras de Necessidades Especiais (ABRAPP); da Casa de Recuperação Mar Vermelho; e da Faculdades Anhanguera.

.: voltar :.