Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

A Procuradora-Geral de Justiça do Distrito Federal e Territórios, Eunice Carvalhido, requisitou, na sexta-feira, 19 de novembro, a instauração de inquérito policial para investigar a nota veiculada pelo jornal Correio Braziliense em 12 de setembro intitulada "A fonte não secou... Será o Benedito?".

A nota afirma que a empresa Euroatlântica do Brasil, contratada para reformar a fonte luminosa em frente à Torre de TV, tem como representantes dois filhos do deputado distrital Benedito Domingos. Ainda segundo a notícia, Benedito usou de suas prerrogativas de parlamentar para favorecer contratos com a empresa que seus filhos representam.

No ofício enviado à Polícia Civil, o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios requisitou, dentre outras diligências, a identificação dos sócios da empresa Euroatlântica do Brasil e de seus representantes legais; a identificação de eventuais emendas apresentadas pelo deputado distrital que tenha beneficiado a empresa; e a juntada dos contratos firmados entre o Distrito Federal e a empresa, referentes à fonte luminosa.

.: voltar :.