Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

O Tribunal do Júri de São Sebastião condenou Douglas Raniel da Silva Nunes a pena de 17 anos e dois meses de reclusão pelo crime de homicídio duplamente qualificado por motivo torpe e por uso de recurso que dificultou a defesa da vítima.

Douglas matou Lucas Paulino Valente, 19 anos, com um tiro na boca, durante uma briga de gangues em São Sebastião. O crime aconteceu na madrugada do dia 30 de abril do ano passado, durante uma festa na Chácara 10 do Morro da Cruz, em São Sebastião. A vítima morreu no local.

.: voltar :.