Imprimir

Para a força-tarefa, é preciso alertar não só a Secretaria de Saúde, mas também a sociedade para que cumpra com a sua obrigação na prevenção e na vacinação contra a Covid-19

Em reunião realizada nesta quarta-feira, 13 de outubro, a força-tarefa constituída pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) durante a pandemia de Covid-19 discutiu as inspeções que vêm sendo realizadas no sistema público de saúde para verificar os impactos do crescente número de infectados no DF em razão da variante Delta. Os setores de enfermaria e pronto-socorro têm recebido muitos pacientes para tratamento da Covid e das sequelas da doença.

Tem-se observado, ainda, que as Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) estão funcionando sem sobrecarga. Para o Ministério Público, esse é um reflexo positivo dos efeitos da vacina na proteção contra casos graves da doença. 

“Por conta da grande proporção de vacinados, a maioria não precisa de UTI.  Hoje, mais de 50% dos óbitos e casos graves são de pessoas que não se vacinaram ou não completaram o ciclo vacinal com as duas doses. Nós precisamos retomar e retornar o desenvolvimento econômico e social, mas precisamos estar vacinados e protegidos.”, enfatizou o coordenador da força-tarefa, procurador de Justiça Eduardo Sabo. 

Durante o encontro, os membros participantes verificaram a necessidade de acionar a Secretaria de Saúde (SES) para avaliar as medidas adotadas diante do aumento de infectados que buscam os atendimentos de urgência e emergência. O Ministério Público também pretende questionar sobre o planejamento do governo local para completar o ciclo vacinal e para a dose de reforço.

Impactos da Covid-19

WhatsApp Image 2021 10 08 at 12.22.31WhatsApp Image 2021 10 08 at 12.22.30 1Durante a reunião, os representantes da força-tarefa também falaram sobre outros impactos da pandemia, como o aumento expressivo nos pedidos de falência e recuperação judicial. No Distrito Federal, o MPDFT acompanha essas ações judiciais e vai expor a importância da preservação das empresas em prol do interesse público no 2º Seminário sobre reflexões, impactos e perspectivas da atuação da força-tarefa. O evento virtual será realizado nos dias 14 e 15 de outubro, com transmissão pelo canal da Secretaria de Educação Corporativa (Secor/MPDFT) no YouTube, sempre das 10h às 12h.

Nesta continuidade das apresentações, haverá exposição das principais iniciativas nas seguintes áreas: Infância e Juventude; Família e Sucessões; Mulher em Situação de Violência Doméstica; Ordem Tributária; Falência e Recuperação Judicial; e Fundações e Entidades de Interesse Social.

A primeira edição do webinário, realizada entre os dias 31 de agosto e 3 de setembro, mostrou como o trabalho realizado pelo MPDFT durante a pandemia de Covid-19 gerou resultados positivos para a sociedade e fortaleceu os canais de diálogo entre a instituição, a sociedade civil e órgãos públicos. A cada dia foram realizados dois painéis, com a apresentação das áreas de Saúde, Educação, Idoso, Direitos Humanos, Sistema Prisional,  Direito do Consumidor, Patrimônio Público e Ouvidoria. Clique aqui e confira como foram as apresentações.

Serviço

Evento: Webinário sobre reflexões, impactos e perspectivas da atuação da força-tarefa constituída pelo MPDFT durante a pandemia de Covid-19
Inscrições: não é necessária inscrição prévia.
Data: 14 e 15 de outubro
Horário: das 10h às 12h
Transmissão:
Dia 14/10

Dia 15/10

Leia mais

Covid-19: força-tarefa verifica baixa procura por segunda dose e infectados estão em elevação

Covid-19: força-tarefa do MPDFT realiza 2º seminário para a divulgação de resultados

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial