Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Crime ocorreu na frente da filha do casal, então com três anos de idade

A Promotoria do Júri de Santa Maria obteve, nesta quinta-feira, 2 de dezembro, a condenação de Walison Borges de Melo por tentativa de feminicídio contra a ex-esposa. A pena foi fixada em 18 anos e 8 meses de prisão em regime inicial fechado. Ele não poderá recorrer em liberdade.

Os jurados aceitaram as três qualificadoras apresentadas pelo Ministério Público: motivo torpe (sentimento de posse do autor), uso de recurso que dificultou a defesa da vítima (ela foi surpreendida com o ataque inesperado) e feminicídio (o crime foi cometido em contexto de violência doméstica e familiar contra a mulher). A pena foi aumentada porque a agressão ocorreu na frente da filha do casal, então com três anos de idade.

O crime ocorreu em 5 de junho de 2020. Após uma discussão, Walison ameaçou a então esposa. Ela foi até a 33ª Delegacia e pediu apoio policial para voltar até sua casa e buscar seus pertences. Com acompanhamento dos agentes, a vítima entrou na residência e, enquanto retirava seus objetos pessoais, foi atacada de surpresa com golpes de faca na região da cabeça e pescoço, restando com a faca encravada no corpo até a intervenção policial.

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial






.: voltar :.