Imprimir

Estudantes criaram super-heróis baseados nos valores que debateram durante o semestre

Estudantes do Centro Universitário (UDF) concluíram a segunda edição do NaMoral Games para alunos do ensino superior. A instituição é parceira do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) na iniciativa, que pretende fortalecer a cultura de ética, integridade e cidadania nas comunidades escolares.GameNaMoral 121121

Os participantes formaram sete times com nomes de super-heróis criados por eles: Deusa Íris, Kind Major, Super Miss Integridade, Sr. Coragem, Capitã Equity, Capitão Honestidade, The Truth. Nesta segunda edição, participaram 58 estudantes dos cursos de Direito, Publicidade e Marketing, Letras, Educação Física, Pedagogia,Tecnologia, Biologia, Enfermagem, Economia e Administração.

Foram sete encontros, com duas horas de duração, com rodas de conversas, troca de ideias, momentos de reflexão em grupo e individual e missões especiais. Devido à pandemia de Covid-19, as atividades ainda foram realizadas de forma virtual, mas parte delas já presencialmente. As professoras Suliane Rauber, Tatianne Gomes e Kerla Luz coordenam o Projeto de Extensão do Na Moral na UDF. 

A coordenadora do projeto, promotora de Justiça Luciana Asper conta que, “as rodas e as missões do NaMoral provocam transformações internas significativas, que resultaram em novas escolhas e comportamentos que os estudantes realmente não estavam esperando. A verdade, a honestidade, a confiança, a justiça, a cidadania, o ser inteiro voltou a ser algo primordial nas suas vidas. Isso é muito gratificante e mostra que estamos, como instituição, caminhando para construir pessoas intransigentes à ruptura do coração (corrupção)”.

NaMoral

O projeto NaMoral é uma iniciativa do MPDFT que dissemina valores relacionados à integridade, ética, cidadania e ao enfrentamento à corrupção. O piloto foi implementado em nove escolas públicas em 2019, o projeto “NaMoral” desafiou os estudantes, a partir de ferramentas de gamificação, a construir um ecossistema de integridade no ambiente escolar. Com as ações que alcançaram toda a comunidade escolar, foram cerca de oito mil crianças e jovens impactados. Em 2020, a iniciativa recebeu o prêmio do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), na categoria “Redução da corrupção”. Em 2020 e 2021, o projeto já foi implementado em sua primeira versão virtual com estudantes universitários e também transformado em currículo pedagógico para o novo ensino médio, com professores de todas as regiões do Brasil recebendo formação pela ESMPU para a implementação dos conteúdos.

 

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial