Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Após meses de suspensão, o Candangão foi retomado com controle dos protocolos de segurança

inspecao estadio redA retomada das atividades do campeonato brasiliense de futebol, realizada nesta quarta-feira, 26 de agosto, no Estádio Nacional Mané Garrincha, foi acompanhada pelo procurador Distrital dos Direitos do Cidadão, José Eduardo Sabo. Na inspeção foram fiscalizados os protocolos de segurança sanitária estabelecidos para a realização das partidas.

O jogo entre Brasiliense x Gama foi realizado sem a presença de público. Foi observado intenso protocolo para a desinfecção do estádio e de suas instalações, o uso de máscaras nos vestiários e a disponibilidade de álcool gel para todos os profissionais. No local, também foi instalada uma cabine de desinfecção e os atletas e demais profissionais dos clubes presentes foram submetidos a exames prévios de Covid-19.

Na última semana, representantes da Procuradoria Distrital dos Direitos do Cidadão (PDDC) e da Secretaria de Esporte e Lazer reuniram-se para discutir as ações da pasta na prevenção à Covid-19. Um relatório das intervenções já realizadas será entregue à PDDC. Também foi discutida a reabertura dos centros olímpicos. Para esses espaços, haverá regras específicas, que ainda serão enviadas ao Ministério Público.

Eduardo Sabo coordena a força-tarefa do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) para o enfrentamento da Covid-19 e também integra a Comissão Permanente de Prevenção e Combate à Violência nos Estádios do Distrito Federal. O procurador observou que as medidas impostas para a retomada das atividades esportivas têm sido cumpridas, mas que seguirá inspecionando as partidas nos estádios. “Toda retomada de atividades neste contexto deve ser realizada com cuidado, atenção e responsabilidade. A prioridade do Ministério Público é a saúde da população, por isso temos realizado interlocução constante com as secretarias de Estado e com a sociedade civil”, afirmou.

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.