Imprimir

Demanda à Ouvidoria do órgão aumentou mais de 35% após pandemia


Covid manifestacoes ouvidoria nota 300x214pxMais de um terço das manifestações de cidadãos que chegam ao Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) estão relacionadas à Covid-19. Desde o início da pandemia, foram registradas, no total, 2.090 demandas da população, 35% a mais que o mesmo período do ano passado, que somou 1.577 manifestações.

Entre os dias 6 de março e 31 de maio de 2020, a Ouvidoria recebeu 682 manifestações relacionadas à doença e às medidas que vêm sendo tomadas para contê-la. Dessas, 77% estão relacionadas a ações do poder público e 65% a providências sob responsabilidade do GDF: 28,5% dizem respeito à ausência ou insuficiência de medidas de combate à pandemia em órgãos públicos e em órgãos de saúde, 24% ao sistema penitenciário e 14% ao retorno às aulas nas instituições de ensino locais. Do total, 12% são reclamações sobre o auxílio emergencial do governo federal.

As manifestações recebidas pela Ouvidoria são encaminhadas aos órgãos competentes, dentro do MPDFT ou externamente. As unidades que mais receberam demandas foram a Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde (Prosus), que soma 123 manifestações; a força-tarefa de combate à pandemia, com 119; e o Núcleo de Controle e Fiscalização do Sistema Prisional (Nupri), com 103.

Canais de atendimento

Precisa falar com o Ministério Público? A Ouvidoria pode te ajudar! Entre em contato pelos telefones 127 e 0800 644 9500 ou por meio de formulário eletrônico. Devido à grande procura relacionada à pandemia do novo coronavírus, o horário de atendimento foi ampliado e agora é das 8h às 19h.

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial