Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Força-tarefa pede que campanha seja encerrada apenas quando meta de cobertura for atingida. SES tem 48h para informar as medidas adotadas para cumprir a recomendação

A força-tarefa do Ministério Público de combate e prevenção ao novo coronavírus recomendou à Secretaria de Saúde (SES), nesta quarta-feira, 25 de março, que estenda a campanha de vacinação contra gripe exclusiva para idosos. O pedido é que a prorrogação seja feita por prazo indeterminado, até que a meta de cobertura desse grupo de risco seja atingida.

Na recomendação, os membros do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) solicitam que a SES adote todas as providências necessárias para prorrogar a vacinação. Isso inclui ampliar o número de locais de atendimento, que devem ser de fácil acesso ao público.

Pelo calendário inicial, os maiores de 60 anos receberiam a vacina entre os dias 23 e 27 de março. Informações divulgadas pela imprensa, no entanto, mostraram que o cronograma não tem sido seguido. A alta demanda e o atraso na entrega de novas doses, que chegariam de avião, levaram à falta de vacinas e a interrupção do atendimento em alguns postos.

Saiba mais

O MPDFT criou um grupo de trabalho para acompanhar as medidas adotadas no Distrito Federal para a contenção do novo coronavírus (Covid-19). Procuradores e promotores de Justiça das áreas de saúde, educação, patrimônio público, idoso, meio ambiente e sistema prisional trabalham em conjunto para definir as estratégias de atuação do órgão.

Confira aqui a recomendação.

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

 

.: voltar :.