Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco/MPDFT), em conjunto à Coordenação Especial de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado (Cecor/PCDF), deflagrou na manhã desta quarta-feira, 16 de setembro, a “Operação Bridge” com o objetivo de apurar os crimes de lavagem de ativos financeiros, concussão e peculato por parte do ex-deputado distrital, Berinaldo da Ponte. Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão por determinação do Juízo da 7ª Vara Criminal de Brasília e da 2ª Turma Criminal do Tribunal de Justiça do DF (TJDFT).

Segundo as investigações conduzida pelo Gaeco, o ex-deputado distrital teria exigido de servidores comissionados do gabinete o repasse de verbas salariais (prática conhecida como “rachadinha”), além de ter apresentado notas fiscais frias para obtenção de verba indenizatória da Câmara dos Deputados no período em que foi parlamentar (janeiro de 2007 a dezembro de 2008). Mesmo após deixar o mandato, ele teria registrado bens móveis e imóveis em nome de familiares para ocultar ou dissimular a origem e propriedade dos bens provenientes dos crimes. O esquema movimentou aproximadamente meio milhão de reais.

Assessoria Especial de Imprensa
(61) 3343-9045 / 3343-6101/ 3343-9046/ 99149-8588
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.