Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Empresários devem responder pelos crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro e sonegação fiscal

A 3ª Promotoria de Justiça de Defesa da Ordem Tributária (Pdot) e a Polícia Civil do Distrito Federal deflagraram nesta quinta-feira, 16 de julho, a Operação Makhfi. A ação investiga empresários da mesma família suspeitos de sonegar R$ 5 mi e de praticar lavagem de dinheiro.

Foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão nas casas e nas empresas do ramo esportivo da família. O grupo deve responder pelos crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro e sonegação fiscal. Até o momento, sabe-se que foram sonegados R$ 5 mi de impostos.

Segundo as investigações, os suspeitos colocavam as empresas que estavam com dívida tributária elevada no nome de pessoas fictícias e de familiares que, aparentemente, vivem no exterior. O objetivo era dissimular suas participações e ocultar o patrimônio da família.

Os empresários ostentavam carros de luxo e lotes em condomínios irregulares. Como as casas não possuem escrituras públicas, eles utilizavam a posse desses bens para praticarem lavagem de dinheiro.

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9601 / 3343-9220 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.