Imprimir

Curso visa empoderar mulheres e servir como ponte entre os serviços sociais locais, a Justiça e as vítimas de violência

A Coordenação dos Núcleos de Direitos Humanos do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT/CNDH) inicia, em 7 de abril, nova edição do curso Promotoras Legais Populares. Haverá uma turma em Ceilândia e outra em São Sebastião. A iniciativa é uma parceria do MPDFT com a Universidade de Brasília (UnB) e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

O objetivo do projeto é capacitar mulheres em noções de direitos e cidadania, com foco nas questões de gênero. As aulas são gratuitas e acontecem semanalmente, aos sábados, das 9h às 12h30, durante oito meses. As inscrições serão realizadas presencialmente no primeiro dia do curso.

Para a coordenadora do CNDH, promotora de Justiça Liz-Elainne Mendes, a iniciativa é importante: “O curso tem potencial transformador na vida das participantes, que passam a influenciar outras mulheres sobre seus direitos e sobre a importância de buscar a igualdade de gênero”.

Serviço

Curso Promotora Legais Populares de Ceilândia

Data: 7 de abril

Horário: das 9h às 12h30

Local: Núcleo de Práticas Jurídicas da Universidade de Brasília, CNN 1, Bloco E, sobreloja (em frente à estação de metrô Ceilândia Centro)

Vagas: 60

Promotoras Legais Populares de São Sebastião

Data: 7 de abril

Horário: das 9h às 12h30

Local: Centro de Ensino Médio 01 de São Sebastião, Quadra 202/203, Residencial Oeste

Vagas: 60

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial