Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

O Tribunal do Júri de Brasília condenou, na tarde de terça-feira, 6 dezembro, Paulo Cardoso Santana pelo homicídio de José Guilherme Villela, Maria Carvalho Mendes Villela e Francisca Nascimento da Silva. O caso, que ficou conhecido como “crime da 113 Sul”, aconteceu em agosto de 2009. O réu foi condenado a 62 anos e 1 mês de prisão em regime inicialmente fechado.

O crime

Em 28 de agosto de 2009, José Guilherme, Maria e Francisca foram assassinados dentro do apartamento do casal Villela, na 113 Sul. As investigações concluíram que a mandante do crime seria a filha do casal, Adriana Villela. Além de Paulo, Leonardo Campos Alves e Francisco Mairlon também foram apontados como executores do homicídio. Em 2012, Leonardo e Francisco foram condenados a 60 e 55 anos de reclusão, respectivamente, em regime inicialmente fechado. Adriana ainda aguarda julgamento. Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.