Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

O MPDFT celebrou termo de cooperação técnica para combater a violência escolar na região de Sobradinho. O acordo foi assinado pelo procurador-geral de Justiça, Leonardo Bessa, e pelo diretor do Instituto Brasileiro para a Pacificação Social, Akira Ninomyia Júnior, sexta-feira, 29 de julho. O objetivo é a implementação, nas unidades de ensino da cidade, do Programa RePacificar, focado em prevenir e resolver conflitos no ambiente escolar, por meio da capacitação de profissionais em técnicas de mediação e conciliação. A iniciativa faz parte do projeto "A paz é o caminho: direito e mediação social nas escolas de Sobradinho", do Núcleo Regional do Grupo de Apoio à Segurança Escolar – Gase/Sobradinho. Também participou, como testemunha, a coordenadora do Núcleo Central do Gase, promotora de Justiça Márcia Pereira da Rocha.

O procurador-geral de Justiça elogiou a iniciativa. “Esse é um projeto que já nasce exitoso, porque possui um componente essencial: o engajamento dos envolvidos”, ressaltou. “A mediação não resolve problemas, mas cria pontes para que eles se resolvam”, explicou Ninomyia. Já o coordenador do projeto "A paz é o caminho", promotor de Justiça Pedro Thomé, enfatizou a importância de o MPDFT desenvolver um papel não apenas repressivo, mas também social e preventivo. "Não podemos cingir a nossa atuação às situações de violência consumada, precisamos alcançar o campo preventivo. A escola deve ser uma zona livre da violência, onde deve imperar o respeito aos direitos humanos, porque ali é o local destinado à formação das gerações vindouras”, destacou.

O Gase de Sobradinho vem buscando apoio de instituições públicas e privadas para a implementação do projeto "A paz é o caminho: direito e mediação social nas escolas de Sobradinho". O objetivo principal é contribuir para a construção de uma política pública voltada à disseminação da cultura de paz nas escolas, além de desenvolver experiências que possam contribuir para a redução dos índices de violência escolar.

 

Assessoria Especial de Imprensa
(61) 3343-9045 / 3343-6101/ 3343-9046/ 99149-8588
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial
 

.: voltar :.